Roupas Para Bebê: Super Dicas de Compras

Roupas Para Bebê: Super Dicas de Compras - Dicas de Gestante

Roupas Para Bebê: Super Dicas de Compras

Roupas para Bebê – Dicas de Compras – A gestação é um momento muito especial na vida de toda mulher, são muitos preparativos e as mamães de primeira viagem já devem ter escutado que junto com todos os bons momentos também existem muitos gastos com os preparativos, entre eles o enxoval. São muitas opções de roupas para bebê e é normal a mamãe se sentir um pouco perdida na hora de decidir sobre o que comprar.

Roupas para Bebê – “Fazer a Lista” é o Segredo

Alguns itens são indispensáveis para os primeiros meses de vida do bebê e para não extrapolar o orçamento é recomendado fazer muita pesquisa, comparar preços entre as lojas, conversar com mamães mais experientes e fazer uma lista com o que é essencial comprar, assim você consegue fazer o enxoval do seu bebê com tranquilidade.

Antes de Comprar: Pesquisa e Cautela

Se for o seu primeiro filho, contenha um pouco a empolgação na hora de comprar. É natural passear pelas lojas e sentir vontade de comprar um item de cada peça. As roupas para bebê estão cada vez mais lindas e quando a mulher está grávida, parece que todas as peças são indispensáveis, afinal toda futura mamãe quer o melhor para o seu filho e mesmo no inicio da gestação já imaginam seu filhote usando cada uma delas. Mas para compor o enxoval com tudo que você vai precisar para o seu bebê de forma econômica, tenha em mente duas palavras chaves: pesquisa e cautela.
Faça uma lista com itens que são indispensáveis e que com certeza o neném irá usar com mais frequência principalmente nos seis primeiros meses de vida, o bebê se desenvolve e cresce com uma rapidez surpreendente e pode acontecer de você comprar roupas para bebê que nem vai usar, por isso a importância de fazer uma lista e conversar com as mais experientes.

Quais Tamanhos de Roupas para Bebê devo comprar?

Invista em tamanhos P e M para os seis primeiros meses de vida, o tamanho RN provavelmente o bebê vai usar no máximo nos 2 primeiros meses, já os demais tamanhos ele vai usar até sete ou oito meses. O tamanho G também será muito usado, principalmente se o seu bebê for “grandão”, mas foque nos seis meses para facilitar as compras.

Comprando em Grupos de Gestante – Consiga o Menor Preço

Roupas para Bebê - Dicas de Compras - Dicas de Gestante
Comprar Fora da Estação e Num Lugar só – O Desconto é Atraente

Uma sugestão muito interessante é criar grupos de compras e comprar no atacado, você pode conversar com amigas gestantes ou que conhecem alguém que está grávida, formar um grupo através das redes sociais e realizar as compras, com uma quantidade maior de roupas para bebê o desconto também será maior. Algumas mamães conseguem descontos de até 40% para compras realizadas assim.

Comprar Fora da Estação e Num Lugar só – O Desconto é Atraente

Invista em pontas de estoque, últimas peças, são produtos de qualidade, mas que em muitos casos, estão saindo de linha e valem muito a pena. Outra sugestão é se antecipar, se o seu neném vai nascer no verão e estamos no inverno aproveite para comprar roupinhas de meia estação, verão e malhas porque como os lojistas ainda estão focados na estação atual as peças e tendem a vendê-las muito mais baratas.
Tente comprar tudo (ou boa parte) em um único lugar e barganhar o preço, assim as roupas para bebê vão sair mais baratas porque você consegue solicitar um bom desconto.

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais
Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos ou mais – Ter filhos múltiplos sejam gêmeos, trigêmeos ou quadrigêmeos é um desafio natural, já que uma única criança exige um cuidado muito intenso. Quando nascem várias crianças ao mesmo tempo, o trabalho e a dedicação se multiplicam de acordo com o número de herdeiros que você terá numa única gestação. No meio dessa deliciosa confusão, tem as roupas de bebê que terão que ser multiplicadas também.

Roupas de Bebê para Gêmeos – É Só Multiplicar?

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos... ou Mais
Roupas para Gêmeos: é só Multiplicar?

Os pais de crianças gêmeas tem um preparo todo especial para receber as crianças da melhor maneira possível, e esta regra não foge ao vestuário. Todos sabem que crianças pequenas, especialmente bebês precisam de um enxoval bem variado e que se adeque às necessidades das crianças nos primeiros meses de vida. Então tenha em mente que se a quantidade de body e calças, por exemplo, que você pretende comprar é de 20 peças, multiplique pela quantidade de bebês. A conta parece simples? Confira as dicas:

Roupas de bebê: dividir ou não?

É importante lembrar que, apesar de terem dividido o espaço dentro da barriga e que vão dividir muitas coisas ao longo da vida, gêmeos devem ter sua individualidade respeitada por todos e uma forma de fazer essa ação é representar as características pessoais mais marcantes com o uso de roupas de bebê que combinam mais com o jeitinho do seu filhote. Claro que pode acontecer um “rodízio” das peças, mas é importante vestir cada bebê na sua individualidade.

Gêmeos – Vestir “Igual” é uma opção, não uma regra

Roupas de Bebê Gêmeos - Dicas de Gestante
Gêmeos – Vestir “Igual” é uma opção, não uma regra

Quando as crianças são de sexo diferente esta tarefa fica um pouco mais fácil, pois a mudança nas cores e formato das roupas de bebê já diferencia muito um do outro. Agora, quando as crianças possuem o mesmo sexo, pode ser interessante vesti-los de forma diferente, eles podem até dividir roupas, porque poupa dinheiro na compra e ajuda a aproveitar boas peças por mais tempo, mas é importantíssimo para que se constituam de maneira distinta e saudável que usem as roupas em ocasiões diferentes, pois esta pequena atitude evita aquelas comparações às quais pais de múltiplos estão acostumados, mas que costumam aborrecer bastante as crianças, principalmente se já forem grandinhas.

Gêmeos – Roupas “coordenadas”

Roupas de Bebê Gêmeos - Dicas de Gestante
Para incentivar a união entre os pequenos desde cedo, o que você pode fazer é comprar roupas coordenadas, ou seja, peças que sejam homogêneas entre sim, mas que apresentem diferenças marcantes, porém sutis.

Roupas de Bebê para Gêmeos – Mesma Cor com Modelos Diferentes

Uma dica para pais que tem múltiplos com um pouco mais de idade, é usar a mesma cor nas roupas, mas com modelos e estampas bem diferentes. Além de incentivar a proximidade entre as crianças, é possível que um par de blusas ou camisetas com cores parecidas e bem fortes deixem seus filhos sempre ao alcance do olhar.
Para compor o enxoval dos múltiplos, se forem do mesmo sexo opte por roupas de bebê diferentes no modelo e igual na cor ou então se encontrar bodys, peça que será muito usada enquanto são pequenininhos, com um bom preço compre do mesmo modelo com cores variadas. O importante na hora de compor o enxoval é contar com o bom senso e respeitar a individualidade de cada um desde bebês.

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano
Roupas para Bebê – Mamães e futuras mamães quando o assunto é roupas para bebê, as possibilidades e opções são quase infinitas e tem peças para todos os gostos e bolsos, tem desde as lojas de grife que estão cada vez mais investindo no vestuário infantil às peças mais baratas, porém não menos bonitas.
Os bebês são graciosos por natureza e as roupas não se limitam mais a macacão, body básico e calças com pezinho. É possível encontrar roupas para bebê que imitam as peças do guarda roupa dos adultos, calça jeans, estampas de animal print, boleros, cardigãs e muito mais.
A partir do sexto mês o neném está mais durinho e você vai observar que agora tem ainda mais opções de roupas para bebê e nesta fase também o que deve ser priorizado é o conforto, em breve ele vai começar a engatinhar e nenhuma roupa pode prender ou limitar os movimentos.

Peças que não estavam na lista, mas que são indispensáveis

Apesar de estarem cada vez mais sofisticadas as roupas para bebê. Nesta fase as roupas precisam facilitar os movimentos da criança, ela precisa se sentir a vontade. Reserve as melhores peças para os passeios, em casa escolha roupas mais simples e sem muitos detalhes. Os bodys, regata e os porta fraldas serão seus grandes aliados, principalmente em épocas quentes. Com o short porta fraldas, ficam apenas as perninhas do bebê de fora e não aparece nada da fralda, é muito confortável para os pequenos.

Roupas para Bebê - Peças que não estavam na lista - Dicas de Gestante
Roupas para Bebê: Peças que não estavam na lista, mas que são indispensáveis.

Para as meninas, coloque vestido apenas quando ela não for engatinhar, porque pode atrapalhar um pouco os movimentos. Mas é possível deixar elas livres sem abrir mão do charme, como por exemplo, com as calças saias e o body vestido, como o próprio nome sugere é um body com vestidinho acoplado.
Para os bebês um pouco maiores, a calça com pezinho já não é indicada por acabar limitando os movimentos, prefira as calças “normais” sem o pezinho. Para os pés, a meia deve ser antiderrapante, existem diversos modelos e alguns se assemelham a botinhas e sapatilhas, entre outros.

Bebês com muito estilo

As roupas para bebê estão muito fashion, são de deixar qualquer mãe doida e com uma vontade quase incontrolável de comprar tudo. Algumas peças como calça saruel, bolerinho e outras peças que “imitam” o vestuário adulto, quando confeccionadas em tamanho menor são um charme com certeza.
Roupas de Bebê de 6 meses a 1 anoExistem também peças divertidas, camisetas e bodys com frases engraçadas, um desses modelos que faz muito sucesso é o body com um botão desenhado que sugere liga e desliga (com certeza algumas mamães já pensaram nessa possibilidade, mas com um botãozinho de verdade  ), futura bailarina e por aí vai, a variedade é muito grande.

Customizando Roupas para Bebê

Uma ideia barata e que pode ser muito prazerosa é a de você mesma customizar as roupas para bebê. E você não precisa ser uma expert da costura. Em uma camiseta branca pode ser colocado botões, aplicações e bordados. Em um body, que tal colocar um coração de feltro, fuxico e botões (que devem ser bem presos)… fica lindo e confere outro visual a peça. Solte a imaginação.

Roupas de Bebê: 5 Dicas para compor o Enxoval

Roupas de Bebê - Dicas de Gestante

Roupas de Bebê: 5 Dicas para compor o Enxoval

Roupas de Bebê - Dicas de Gestante
Roupas de Bebê – Seja a gestação planejada ou não, com certeza esse ser que está crescendo dentro de você já é muito amado e será muito bem vindo. Entre tantos preparativos, um dos mais importantes é o enxoval. A lista é bem complexa, mas é possível montar um enxoval com todas as roupas de bebê e acessórios que você precisa por um preço acessível. E também tem o chá de bebê, um evento que ajuda bastante, inclusive algumas mamães deixam para começar o enxoval após o chá, mas o indicado é que as futuras mamães preparem uma lista para ir comprando.

Roupas de Bebê – O que não pode faltar

Na hora de compor o enxoval, algumas roupas de bebê e acessórios são importantes e fundamentais, já outros nem tanto, é melhor focar naquilo que você realmente vai precisar e deixar alguns itens para comprar por último. Confira:

 

Roupas de Bebê – O “body” é fundamental

Roupas de Bebê - Body - Dicas de Gestante
Dicas de Gestante: O Body não pode faltar

O body é uma peça fundamental e vai ser muito usado, o tamanho opte pelo P, claro que é necessário ter alguns tamanhos RN, mas converse com o seu médico, verifique a ultrassom para ter uma ideia de peso, com quantos quilos o neném vai nascer (aproximadamente), algumas mamães contam que utilizaram o tamanho RN por dois quase três meses, já outras não usaram nem um mês. Tenha pelo menos doze bodys entre manga longa e manga curta.

Macacão com Pezinho – Não compre muitos

Macacão com pezinho (não compre muitos, porque se o bebê for grandão, você perde o macacão muito rápido), macacão sem pezinho, no mínimo oito peças. Algumas mamães não gostam muito do macacão com gola até o bebê completar três ou quatro meses, pode incomodar o rostinho do neném ou molhar por causa da babinha.

Camisetinha, Regata, Shorts, Meias e Luvas… o que comprar para o bebê?

Camisetinha, regata e shorts são roupas de bebê que só precisam ser compradas se estiver no verão, e provavelmente só vai usar a partir do terceiro mês. Calça vai usar bastante também, para o principio é bom ter umas dez peças. Sapatinhos são opcionais, meias e luvas são fundamentais. Muitos sites hoje oferecem opções de roupas de bebê.

Trocas de Roupa todo dia… de qual o bebê precisa mais?

Em relação à quantidade, depende de como é a rotina em relação a lavar e passar roupa. O bebê vai trocar de roupa no mínimo uma vez ao dia (troca completa), fora os imprevistos, fralda que vaza, leite que volta, dias de chuva, tudo isso deve ser levado em consideração na hora de comprar as roupas de bebê.
Pesquise qual a data provável do parto para verificar se estará no verão ou inverno, isso vai influenciar na escolha das peças, a temperatura do bebê é diferente da nossa, mas isso não quer dizer que se estamos no verão ele precisa de macacão e mais body de manga comprida. No verão, por exemplo, um body de manga longa (de malha) e uma calça são o suficiente: as roupas de bebê tem que ser adequadas.

Faça a lista e Pesquise

Se possível faça uma lista e compare preços nas lojas, às vezes a diferença entre uma e outra chega a 60%, então a pesquisa vale muito a pena. O protetor de berço é opcional, alguns pediatras inclusive não recomendam, se não quiser comprar tudo bem, não é necessário investir dinheiro neste item. Compre pelo menos dois jogos de lençol, um edredom e um cobertor. Compre babador, toalha de banho, pano de boca e fralda de pano, esses dois últimos itens você vai usar bastante. Revise a lista, pesquise e use cautela na hora de compor o enxoval e tudo vai dar certo. Boas compras…

4 Dicas para Quarto de bebê

Dicas para Quarto de Bebê - Dicas de Gestante

4 Dicas para Quarto de bebê

Dicas para Quarto de Bebê: Algumas futuras mamães acham que esta é a parte principal de todos os preparativos para a chegada do bebê. São muitas ideias e orçamentos para todos os bolsos, muitos estilos, cores e decorações. O melhor de tudo é que você tem a opção de fazer um quarto lindo gastando pouco, com itens baratos, porém funcionais.

Quarto de Bebê – Começando a Pensar

Dicas para Quarto de Bebê - Dicas de Gestante
Em um primeiro momento quando as mamães começam a pesquisar sobre móveis para o bebê, itens de decoração, cores e texturas, parece que as possibilidades são infinitas (e de certa forma são mesmo). Mas tenha um objetivo claro e defina o orçamento para não gastar mais do que é possível. Dicas para quarto de bebê: O quarto de bebê é importante sim, mas acredite: é possível deixar ele exatamente como você sempre sonhou com os recursos que você tem.

 

Quarto de Bebê: Cores e Mobília Básica

Mamãe, você pode fazer o quarto em tom neutro, como o branco, o bege e o verde claro. E você pode personalizar, no caso de você já saber o sexo do bebê, usando tons de rosa, lilás e azul. Só não coloque cores muito fortes e nem muitos móveis e objetos. Mais dicas para o quarto de Bebê: Se o quarto de bebê não puder ser feito em outro cômodo, capriche no bercinho e no guarda roupa ou cômoda para as roupas do bebê, essa segunda opção ocupa menos espaço e cabe bastante coisa.

Dicas para Quarto de Bebê - Dicas de GestanteUma sugestão interessante é pintar a parede onde o berço vai ficar de outra cor, vai ficar um diferencial muito bacana. O importante é que tudo seja preparado com muito amor e carinho. Outra opção interessante são os papéis de parede ou entremeios, uma faixa que é colocada na parede e já dá um toque lindo.
Um quarto de bebê completo é composto por:
a) O berço ou caminha, algumas mamães optam por já comprar a caminha direto, com todos os itens de segurança, como grade, cantos arredondados, etc.
b) Banheira com trocador acoplado
c) Guarda roupa ou cômoda, alguns berços já vem com o roupeiro, prateleiras, poltrona de amamentação e cortinas.
d) Tapete – Você pode optar por um, mas a escolha deve ser bem cautelosa, tenha cuidado especial em escolher um “antiderrapante”: o tapete deve “grudar” no chão dando segurança à mamãe sempre.

Quarto de bebê para meninos

Dicas para Quarto de Bebê para meninos - Dicas de Gestante
Para driblar um pouco a ansiedade com a chegada do parto, uma sugestão é ir organizando o quarto de bebê. Se você está esperando um menino, especialistas em decoração afirmam que os projetos de hoje estão indo muito além do azul e branco. Os tons de verde, bege e listras sutis e combinando, estão em alta. Um bom exemplo, é o quarto com motivos infantis com o tema safari. Outra opção são os quartos coloridos e com temas divertidos já pensando em quando ele for maiorzinho. O estilo provençal deixou de ser apenas opção para o quarto de menina e ganhou ares de nobreza para o seu pequeno príncipe. Se você não abre mão do azul, uma dica é apostar em um tema que lembre a velha infância, dando um clima retrô ao quarto.

Quarto de bebê para meninas

Dicas para Quarto de Bebê para meninas - Dicas de Gestante
Se você está esperando por uma menina, o quarto de bebê está cada vez mais lindo, estampas floridas estão em alta, invista em motivos delicados, o quarto provençal que sempre foi um dos queridinhos das futuras mamães é muito feminino e têm toques da realeza francesa. A cor do momento é o lilás, em todos os tons cria um ambiente perfeito para o bebê. Outra opção é usar cores neutras e apostar em luzes especiais, que também são uma boa pedida. Independente do estilo que você escolher, ele será um sucesso. Boa Sorte.

Móveis para Bebê – 5 Dicas para Montar o Quarto do Bebê

Móveis para Bebê - Dicas de Gestante

Móveis para Bebê – 5 Dicas para Montar o Quarto do Seu Bebê

Móveis para Bebê - Dicas de Gestante

Móveis para bebê – As futuras mamães logo no inicio da gravidez já começam a sonhar com o quarto e os móveis para bebê. Claro que o objetivo de todas é que fique tudo perfeito e muitas vezes as gestantes se deparam com algumas situações como falta de espaço. Nem sempre é possível fazer um quarto só para o bebê e as futuras mamães precisam adaptar as suas necessidades ao espaço disponível.

Móveis para Bebê: de olho no espaço disponível

Para começar o seu projeto sem erros é fundamental conhecer todo o seu espaço disponível para não correr o risco de comprar os móveis para bebê e sobrar ou faltar espaço, conheça algumas dicas simples para decorar e mobiliar o quarto do seu príncipe ou princesa adequadamente.

Móveis para Bebê - Dicas de Gestante
Móveis para Bebê: observe o espaço que você tem disponível antes de comprar

 

Projeto ou Rascunho: Desenhe no papel antes de comprar

Antes de sair empolgadíssima às compras com tanta novidade, tire medida de tudo e observe os detalhes, se o bebê vai ter um quarto só para ele, verifique a disposição das janelas e portas e faça um projeto, mesmo que seja um rascunho, de onde gostaria que ficasse cada móvel. Com essas informações e com as medidas em mãos fica muito mais fácil comprar móveis para bebê e decorar o espaço. A mesma regra vale para pais e filhotes que vão dividir o quarto.

Medidas de Móveis para Bebê – Acoplados são uma boa pedida

As medidas são importantes e fundamentais porque móveis para bebê variam muito de tamanho, têm cômodas de 100 cm e 120 cm, o berço com colchão americano que tem a medida de 70×130 cm. Uma ideia para quem vai dividir o espaço com o bebê é comprar móveis acoplados, o berço com o roupeiro, utilizar prateleiras que podem se adaptar em pequenos espaços.

Móveis de Bebê - Dicas de Gestante
Móveis de Bebê: acoplados são uma ótima pedida

Dúvidas: Pergunte para quem já passou por isso!

Se você perceber que peças importantes não vão caber no quarto do bebê, como a cama e a poltrona de amamentação, converse com amigas que já tiveram seus bebês e como elas lidaram com essa questão do espaço, com profissionais que podem te ajudar a resolver essas pequenas questões e definir o que é realmente importante pra você.
Outra solução é buscar móveis para bebê sob medida, facilita muito porque tudo será confeccionado para o espaço que você tem. Agora no caso dos móveis já prontos é você quem tem que se adequar, por isso o planejado pode ser uma excelente saída.

Tudo do seu jeito

Móveis para Bebê - Dicas de Gestante
Móveis de Bebê: faça tudo do seu jeito

Nada de pânico mamãe, independente do espaço que você tem, é possível fazer as coisas de uma forma bacana e do seu jeito. Claro que às vezes não será viável fazer o quarto de bebê exatamente como você sonhou e com os móveis para bebê iguaizinhos da revista, mas adaptar, isso com certeza. Misture peças modernas com móveis antigos, pinte uma das paredes com a cor de sua preferência, tons de lilás estão em alta para meninas e para os meninos é a vez do verde.
Você pode pegar móveis e reformar, pedir ajuda para o papai, avós e quem mais estiver com disposição para colocar a mão na massa uma boa pintura em um móvel, cortinas em tons delicados, reformar uma poltrona que andava esquecida são detalhes que com certeza vai fazer toda a diferença.

Chá de bebê – 4 Dicas de como fazer

Chá de Bebê - Dicas de Gestante

Chá de bebê – 4 Dicas de como fazer

O Chá de bebê é uma festa muito popular em alguns países como Brasil e Estados Unidos e está ganhando força na Europa, em países como França e Reino Unido. A comemoração é uma festa oferecida à futura mamãe com a intenção de diminuir um pouco a ansiedade do final da gestação. Normalmente a festa é oferecida por amigos e familiares próximos aos pais.
A festividade antes contava apenas com a participação de mulheres, hoje ganhou um formato de festa de confraternização geral e está aderindo à participação também dos homens para comemorar a chegada do mais novo membro da família.

DICA 1 – Como organizar o chá de bebê

Chá de Bebê - Como organizar
Chá de Bebê – Como organizar

Pelos costumes e tradições da festa, pessoas próximas aos futuros pais devem tomar a frente da organização do chá de bebê e fazer com que o casal ou a mamãe, sejam surpreendidos com a presença de amigos e familiares para celebrar a chegada do herdeiro.
Para que a festa seja um momento de alegria e descontração, é interessante unir forças, convocar um grupo de amigos bem dispostos e fazer tudo com muito carinho, desde as lembrancinhas, até os comes e bebes e as brincadeiras.

 

DICA 2 – As brincadeiras no Chá de Bebê

Chá de Bebê - As Brincadeiras
Chá de Bebê – As Brincadeiras

Os chás mais tradicionais normalmente contam com brincadeiras que prometem animar o ambiente e gravar boas memórias para todos os presentes. É importante lembrar que todas as atividades propostas devem ser suaves, pois mamãe e bebê precisam de descanso e conforto.

Chá de Bebê - Planejamento é fundamental
Chá de Bebê – Planejamento é fundamental
O jogo mais comum nesta ocasião é o de adivinhações, onde a futura mamãe tenta adivinhar o que há dentro dos pacotes de presente, caso erre, deve pagar uma prenda, mas se acertar, quem paga o ‘castigo’ é a convidada que deu o embrulho. Se os rapazes forem convidados para a festa, é legal usá-los como parceiros de danças engraçadas, para fazer mímicas e outras brincadeiras para animar a gestante.

DICA 3 – Planejando o Chá de Bebê

Para que tudo corra bem e seu chá de bebê seja um sucesso, é importante planejar bem cada detalhe, assim você poupa confusão e cansaço e aproveita este dia tão especial. Fazer uma lista com tudo o que precisa (lista de convidados, local, data e horário da festa, cardápio, decoração e lembrancinhas) é fundamental para o sucesso do seu evento.

Chá de Bebê - O que pedir de presente
Chá de Bebê – O que pedir de presente
Uma vez decididas todas as etapas do chá de bebê, é só preparar tudo com muito amor e carinho e esperar o grande dia. Lembre-se de colocar músicas agradáveis e deixar o ambiente bem arejado, para que mamãe e bebê fiquem confortáveis durante toda a festa.
Registre com fotos e vídeos todos os momentos e aproveite cada segundo deste momento tão especial, feito para você e seu bebê.

DICA 4 – O que pedir no chá de bebê

Quase tudo é permitido na hora de compor a lista com os presentes. O que precisa ser observado são os convidados, ou seja, até quanto você acredita que os participantes poderiam gastar com o chá de bebê e com base nessa informação monte a lista. No geral são pedidos: fraldas, lenço umedecido, roupinhas, fraldas de pano, produtos de higiene e acessórios como mamadeira e termômetro.

Moda Gestante: fique elegante e gastando pouco

Moda Gestante: fique elegante gastando pouco

Moda Gestante: fique elegante e gastando pouco

Moda Gestante - Fique elegante gastando pouco
Moda Gestante: Fique elegante gastando pouco

Moda Gestante – Quando a mulher descobre sua gestação, além de todas as expectativas que o momento trás, a futura mamãe também pensa em como vai ficar o seu guarda roupa, afinal com o passar dos meses é natural ganhar alguns quilinhos e a barriga que vai ficando cada vez maior. E nada de comprar roupas com modelagem tradicional, mas sim modelagem específica, para não correr o risco de esconder sua barriga (que vai ficar cada vez mais linda) e não passar a impressão de que está “gordinha”.
O mercado está investindo cada vez mais em moda gestante com a mesma modelagem das roupas tradicionais, porém especificas para a sua atual condição.

Moda Gestante – Compras ou Adaptação?

Moda Gestante: comprar novo ou ajustar?
Moda Gestante: comprar novo ou ajustar?

É possível sim continuar usando as roupas que já tem, mesmo com a barriga crescendo cada vez mais. A moda gestante permite isso. Algumas mulheres utilizam as roupas que já tinham no armário por toda a gestação fazendo algumas adaptações, a calça jeans pode ganhar um extensor ao invés de usar o zíper e o botão presentes na peça: o extensor vai cumprir essa função, basta colocar uma blusa mais comprida. Os vestidos que você já tem podem continuar sendo usados principalmente se forem cinturados e larguinhos em baixo e você também pode usar uma faixa logo abaixo dos seios para mudar o look e exibir o barrigão.
Agora para as futuras mamães que querem investir na moda gestante, com peças novas, além das lojas especificas, também é possível encontrar as peças em lojas tradicionais e no comércio popular. As peças ganham elásticos, extensores, zíperes, tudo em lugar estratégico e depois da gestação a grande maioria das roupas podem continuar sendo utilizadas. A moda gestante está acessível para todos os gostos e bolsos.

 

Conhecendo as novidades da moda gestante

Quando você resolver sair às compras e compor um “guarda roupa de grávida” antes de adquirir as roupas para gestante leve em consideração dois pontos importantes: 1) Que você use a peça por toda a gestação e depois dela; 2) Que seja uma peça prática para amamentar. Veja alguns exemplos.

Moda Gestante – O Jeans é Versátil

Moda Gestante - Jeans
Jeans: sempre versátil

Calça jeans com elástico ajustável, você vai utilizar por toda a gestação, conforme o seu corpo vai mudando a calça vai se adaptando e depois, quando seu bebê já tiver nascido, você pode continuar usando sem problemas, já que ela não tem uma modelagem diferente nas pernas, apenas na cintura.

Moda Gestante – Camisas para Antes e Depois

Camisas com zíper na lateral: outro item da moda gestante que você pode utilizar durante e depois, por conter um zíper em local estratégico a camisa vai ficar confortável durante toda a gestação e depois é só usar como uma peça tradicional, com o zíper fechado ela é uma camisa “normal” e pode ser usada para trabalhar ou passeios.

Moda Gestante – Peças feitas para a Amamentação

Depende do lugar que você estiver não é muito elegante levantar a blusa para amamentar e para essa situação existem opções na moda gestante: camisas com botões sempre são uma boa pedida, em lojas para grávidas tem uns modelos de blusas com uma abertura estratégica próxima ao seio, como a abertura faz parte da modelagem da blusa ela é prática e discreta e por último uma blusa que já seja decotada e que você só precise abaixar para amamentar. Está cada vez mais fácil curtir a moda gestante e com muito estilo!

Moda Gestante - Roupas para Amamentação - Dicas de Gestante
Moda Gestante – Roupas para Amamentação

Moda Gestante: Uma peça, Vários Estilos

Moda Gestante - Uma Peça, Vários Estilos

Moda Gestante: Uma peça, Vários Estilos

Moda Gestante - Uma peça, vários estilos
Moda Gestante: Uma peça, vários estilos.

Moda Gestante – A maioria das mulheres adora falar de moda e com as gestantes não é diferente. Antigamente roupa de grávida era remetida a conforto total e beleza zero, felizmente isso mudou e muito. O comércio de um modo geral já entendeu que as futuras mamães não abrem mão do conforto e nem da beleza na moda gestante.
Que tal aprender algumas dicas de como usar uma peça de diferentes maneiras durante a gestação? Boa ideia, concorda mamãe? Assim você cria uma maneira prática e divertida de criar vários estilos e dar a impressão de guarda roupa renovado com poucas peças.

O Jeans na Moda Gestante

Jeans - O queridinho das Gestantes
Jeans – O queridinho das Gestantes

A primeira peça que vamos falar é sobre o jeans, ele que costuma ser o queridinho de nove entre dez mulheres, gestantes ou não. A maioria acha que precisa abandonar o jeans por toda a gestação, o que não é verdade, existem peças confeccionadas especialmente para as gestantes e também é possível adaptar aqueles que você já tem em casa.
Se preferir investir em outras roupas para gestantes, pegue um dos seus jeans e no lugar onde ficaria o botão (a casa) coloque um extensor, na hora de fechar a calça utilize o extensor ao invés do botão. Mas se for comprar, existem modelos lindos, com diferentes cós e ideais para gestantes e, o que é melhor, você pode usar também depois da gestação. Isso é moda gestante.

 

Moda Gestante – Saias para a Noite

A saia é uma peça muito versátil e deve estar presente no guarda roupa e fazer parte da lista de moda gestante, porém algumas futuras mamães ficam inseguras e com receio de usar a peça. Para sair à noite você pode escolher uma camisete bacana com detalhes nas mangas e uma saia reta estilo bandage, se ficar insegura em relação à cor, escolha o preto que não tem erro, coloque a camisete para dentro da saia e, para finalizar, coloque um cinto logo abaixo da barriga.
Outra sugestão da moda gestante é usar uma saia bandage, uma camisete branca com aplicações e um tricô sem manga por cima, cria um efeito muito bonito. A mesma saia bandage dessa vez pode ser usada com uma regata de alças finas, que fica muito sensual e um tricô ou cardigã por cima que valoriza as formas.

Camisetes e Regatas – Ótimas opções da Moda Gestante

É bom você ter algumas dessas opções no guarda roupa. Quando o assunto é moda gestante, camisetes e regatas são coringas e combinam com basicamente tudo, opte pelas cores preto, branco, verde escuro, marrom e uma vibrante que te agrade, porque essas cores, são fáceis de combinar e você pode usar com saia, calça, shorts, com ou sem casaco e por ai vai.

Vestidos também fazem parte da Moda Gestante

Os Vestidos também fazem parte da Moda Gestante
Os Vestidos também fazem parte da Moda Gestante

Outro queridinho das gestantes é o vestido e não só no calor, no inverno eles podem ser acompanhados de meia calça e casacos de tricô, sapatilhas e botas. Você deve escolher o modelo que mais te deixa confortável e na maioria dos casos você vai usar o que já tinha no armário. Para mudar a “cara” do vestido invista em cintos e colares. Em lojas de moda gestante você também encontra modelos que podem ser usados durante toda a gestação e depois também.

Roupas de Grávida no Trabalho – Dicas do que Usar

Roupas de Grávida no Trabalho

Roupas de Grávida no Trabalho

Roupas de Grávida – Muitas futuras mamães trabalham fora e a maioria delas, se está tudo bem com a gestação e se sentem bem dispostas, trabalham até o finalzinho e só param mesmo alguns dias antes do parto. E muitas delas têm dúvidas sobre como se vestir para o trabalho, principalmente quando o barrigão começa a aparecer.

Roupas de Grávida – Seja Fiel ao Seu Estilo

Roupas para Grávida - Seja fiel ao seu estilo
Seja fiel ao seu estilo

Com dicas simples é possível se vestir de forma elegante e confortável para o ambiente de trabalho. A melhor dica é: seja fiel ao seu estilo, é possível continuar utilizando os mesmos modelos que você usava antes da gestação, já que as roupas de grávida contam com truques para facilitar o dia a dia das futuras mamães.

 

Seu ambiente de trabalho pede o quê?

Roupas de Grávida no TrabalhoAntes de comprar novas roupas de grávida é preciso seguir as regras do seu local de trabalho e manter. Para ambientes mais formais, uma calça de alfaiataria pode ser bem vinda. Depois que sua barriga começar a aparecer, existem opções com elástico nas laterais e botões extensores. Outra boa opção de roupas de grávida é um terninho e blusa básica e lisa por baixo, inclusive aqueles modelos que possuem elástico na barra para que você se sinta mais confortável. Se o ambiente for informal aposte nos jeans escuros, leggins com camisas e sapatilha.

Roupas de Grávida no Trabalho – Além dos Terninhos

Quando pensar em roupas de grávida para o trabalho considere outras opções que vão além das calças e terninhos. Um vestido bem cortado, com um tecido que favoreça, cinturado e mais soltinho em baixo fica elegante e pode ser usado no inverno ou verão. Para o inverno aposte em meia calça e casacos. Saias, batas, macacão e cardigans também podem compor um look muito legal para o trabalho.

Sapatos de Salto – Cuidado com o Equilíbrio

Para os pés, escolha um sapato que te deixe confortável, pode ser uma sapatilha ou salto alto. Há quem adore os “Scarpins” que também compõe o guarda roupas de grávida. Com o salto apenas observe se não causa nenhum desconforto porque as gestantes ficam com o equilíbrio um pouco comprometido e é natural por causa da gestação e todas as mudanças no corpo.

Modele o seu corpo e mostre a barriga

Mesmo no ambiente de trabalho não fique com aquela ideia de que precisa “esconder” a barriga e seu corpo, a ideia é modelar o corpo e exibir o barrigão mesmo. Não crie aquela dúvida nas pessoas, ela está grávida ou gordinha? Claro, que o seu estilo deve ser respeitado sempre, mas quando a gestante usa uma roupa muito grande, sem modelagem, acaba deformando suas curvas ao invés de “assumir” a barriga. Use as roupas de grávida a seu favor.

Aposte também nos acessórios

Uma calça social ou jeans escuro, com uma blusa básica decote em V ou canoa e um colar bonito com pulseiras valoriza o visual, lembre-se apenas de ter cautela para não atrapalhar seu ambiente de trabalho, com pulseiras barulhentas, por exemplo, e nem poluir o visual, o objetivo é valorizar você como um todo.

Um ou outro quilinho a mais não importam, Curta o momento!

Algumas mulheres na gestação tendem a se sentir incomodadas com o ganho de peso, as formas mais volumosas e acabam ficando encanadas na gestação deixando de curtir cada momento da melhor maneira possível, se sentindo bonita e confiante. Use e abuse das suas roupas de grávida. Arrume-se seja para o trabalho ou para ir ao mercado, sua autoestima agradece!