Roupas Para Bebê: Super Dicas de Compras

Roupas Para Bebê: Super Dicas de Compras - Dicas de Gestante

Roupas Para Bebê: Super Dicas de Compras

Roupas para Bebê – Dicas de Compras – A gestação é um momento muito especial na vida de toda mulher, são muitos preparativos e as mamães de primeira viagem já devem ter escutado que junto com todos os bons momentos também existem muitos gastos com os preparativos, entre eles o enxoval. São muitas opções de roupas para bebê e é normal a mamãe se sentir um pouco perdida na hora de decidir sobre o que comprar.

Roupas para Bebê – “Fazer a Lista” é o Segredo

Alguns itens são indispensáveis para os primeiros meses de vida do bebê e para não extrapolar o orçamento é recomendado fazer muita pesquisa, comparar preços entre as lojas, conversar com mamães mais experientes e fazer uma lista com o que é essencial comprar, assim você consegue fazer o enxoval do seu bebê com tranquilidade.

Antes de Comprar: Pesquisa e Cautela

Se for o seu primeiro filho, contenha um pouco a empolgação na hora de comprar. É natural passear pelas lojas e sentir vontade de comprar um item de cada peça. As roupas para bebê estão cada vez mais lindas e quando a mulher está grávida, parece que todas as peças são indispensáveis, afinal toda futura mamãe quer o melhor para o seu filho e mesmo no inicio da gestação já imaginam seu filhote usando cada uma delas. Mas para compor o enxoval com tudo que você vai precisar para o seu bebê de forma econômica, tenha em mente duas palavras chaves: pesquisa e cautela.
Faça uma lista com itens que são indispensáveis e que com certeza o neném irá usar com mais frequência principalmente nos seis primeiros meses de vida, o bebê se desenvolve e cresce com uma rapidez surpreendente e pode acontecer de você comprar roupas para bebê que nem vai usar, por isso a importância de fazer uma lista e conversar com as mais experientes.

Quais Tamanhos de Roupas para Bebê devo comprar?

Invista em tamanhos P e M para os seis primeiros meses de vida, o tamanho RN provavelmente o bebê vai usar no máximo nos 2 primeiros meses, já os demais tamanhos ele vai usar até sete ou oito meses. O tamanho G também será muito usado, principalmente se o seu bebê for “grandão”, mas foque nos seis meses para facilitar as compras.

Comprando em Grupos de Gestante – Consiga o Menor Preço

Roupas para Bebê - Dicas de Compras - Dicas de Gestante
Comprar Fora da Estação e Num Lugar só – O Desconto é Atraente

Uma sugestão muito interessante é criar grupos de compras e comprar no atacado, você pode conversar com amigas gestantes ou que conhecem alguém que está grávida, formar um grupo através das redes sociais e realizar as compras, com uma quantidade maior de roupas para bebê o desconto também será maior. Algumas mamães conseguem descontos de até 40% para compras realizadas assim.

Comprar Fora da Estação e Num Lugar só – O Desconto é Atraente

Invista em pontas de estoque, últimas peças, são produtos de qualidade, mas que em muitos casos, estão saindo de linha e valem muito a pena. Outra sugestão é se antecipar, se o seu neném vai nascer no verão e estamos no inverno aproveite para comprar roupinhas de meia estação, verão e malhas porque como os lojistas ainda estão focados na estação atual as peças e tendem a vendê-las muito mais baratas.
Tente comprar tudo (ou boa parte) em um único lugar e barganhar o preço, assim as roupas para bebê vão sair mais baratas porque você consegue solicitar um bom desconto.

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos… ou Mais
Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos ou mais – Ter filhos múltiplos sejam gêmeos, trigêmeos ou quadrigêmeos é um desafio natural, já que uma única criança exige um cuidado muito intenso. Quando nascem várias crianças ao mesmo tempo, o trabalho e a dedicação se multiplicam de acordo com o número de herdeiros que você terá numa única gestação. No meio dessa deliciosa confusão, tem as roupas de bebê que terão que ser multiplicadas também.

Roupas de Bebê para Gêmeos – É Só Multiplicar?

Roupas de Bebê para Gêmeos, Trigêmeos... ou Mais
Roupas para Gêmeos: é só Multiplicar?

Os pais de crianças gêmeas tem um preparo todo especial para receber as crianças da melhor maneira possível, e esta regra não foge ao vestuário. Todos sabem que crianças pequenas, especialmente bebês precisam de um enxoval bem variado e que se adeque às necessidades das crianças nos primeiros meses de vida. Então tenha em mente que se a quantidade de body e calças, por exemplo, que você pretende comprar é de 20 peças, multiplique pela quantidade de bebês. A conta parece simples? Confira as dicas:

Roupas de bebê: dividir ou não?

É importante lembrar que, apesar de terem dividido o espaço dentro da barriga e que vão dividir muitas coisas ao longo da vida, gêmeos devem ter sua individualidade respeitada por todos e uma forma de fazer essa ação é representar as características pessoais mais marcantes com o uso de roupas de bebê que combinam mais com o jeitinho do seu filhote. Claro que pode acontecer um “rodízio” das peças, mas é importante vestir cada bebê na sua individualidade.

Gêmeos – Vestir “Igual” é uma opção, não uma regra

Roupas de Bebê Gêmeos - Dicas de Gestante
Gêmeos – Vestir “Igual” é uma opção, não uma regra

Quando as crianças são de sexo diferente esta tarefa fica um pouco mais fácil, pois a mudança nas cores e formato das roupas de bebê já diferencia muito um do outro. Agora, quando as crianças possuem o mesmo sexo, pode ser interessante vesti-los de forma diferente, eles podem até dividir roupas, porque poupa dinheiro na compra e ajuda a aproveitar boas peças por mais tempo, mas é importantíssimo para que se constituam de maneira distinta e saudável que usem as roupas em ocasiões diferentes, pois esta pequena atitude evita aquelas comparações às quais pais de múltiplos estão acostumados, mas que costumam aborrecer bastante as crianças, principalmente se já forem grandinhas.

Gêmeos – Roupas “coordenadas”

Roupas de Bebê Gêmeos - Dicas de Gestante
Para incentivar a união entre os pequenos desde cedo, o que você pode fazer é comprar roupas coordenadas, ou seja, peças que sejam homogêneas entre sim, mas que apresentem diferenças marcantes, porém sutis.

Roupas de Bebê para Gêmeos – Mesma Cor com Modelos Diferentes

Uma dica para pais que tem múltiplos com um pouco mais de idade, é usar a mesma cor nas roupas, mas com modelos e estampas bem diferentes. Além de incentivar a proximidade entre as crianças, é possível que um par de blusas ou camisetas com cores parecidas e bem fortes deixem seus filhos sempre ao alcance do olhar.
Para compor o enxoval dos múltiplos, se forem do mesmo sexo opte por roupas de bebê diferentes no modelo e igual na cor ou então se encontrar bodys, peça que será muito usada enquanto são pequenininhos, com um bom preço compre do mesmo modelo com cores variadas. O importante na hora de compor o enxoval é contar com o bom senso e respeitar a individualidade de cada um desde bebês.

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano

Roupas para Bebê de 6 meses a 1 ano
Roupas para Bebê – Mamães e futuras mamães quando o assunto é roupas para bebê, as possibilidades e opções são quase infinitas e tem peças para todos os gostos e bolsos, tem desde as lojas de grife que estão cada vez mais investindo no vestuário infantil às peças mais baratas, porém não menos bonitas.
Os bebês são graciosos por natureza e as roupas não se limitam mais a macacão, body básico e calças com pezinho. É possível encontrar roupas para bebê que imitam as peças do guarda roupa dos adultos, calça jeans, estampas de animal print, boleros, cardigãs e muito mais.
A partir do sexto mês o neném está mais durinho e você vai observar que agora tem ainda mais opções de roupas para bebê e nesta fase também o que deve ser priorizado é o conforto, em breve ele vai começar a engatinhar e nenhuma roupa pode prender ou limitar os movimentos.

Peças que não estavam na lista, mas que são indispensáveis

Apesar de estarem cada vez mais sofisticadas as roupas para bebê. Nesta fase as roupas precisam facilitar os movimentos da criança, ela precisa se sentir a vontade. Reserve as melhores peças para os passeios, em casa escolha roupas mais simples e sem muitos detalhes. Os bodys, regata e os porta fraldas serão seus grandes aliados, principalmente em épocas quentes. Com o short porta fraldas, ficam apenas as perninhas do bebê de fora e não aparece nada da fralda, é muito confortável para os pequenos.

Roupas para Bebê - Peças que não estavam na lista - Dicas de Gestante
Roupas para Bebê: Peças que não estavam na lista, mas que são indispensáveis.

Para as meninas, coloque vestido apenas quando ela não for engatinhar, porque pode atrapalhar um pouco os movimentos. Mas é possível deixar elas livres sem abrir mão do charme, como por exemplo, com as calças saias e o body vestido, como o próprio nome sugere é um body com vestidinho acoplado.
Para os bebês um pouco maiores, a calça com pezinho já não é indicada por acabar limitando os movimentos, prefira as calças “normais” sem o pezinho. Para os pés, a meia deve ser antiderrapante, existem diversos modelos e alguns se assemelham a botinhas e sapatilhas, entre outros.

Bebês com muito estilo

As roupas para bebê estão muito fashion, são de deixar qualquer mãe doida e com uma vontade quase incontrolável de comprar tudo. Algumas peças como calça saruel, bolerinho e outras peças que “imitam” o vestuário adulto, quando confeccionadas em tamanho menor são um charme com certeza.
Roupas de Bebê de 6 meses a 1 anoExistem também peças divertidas, camisetas e bodys com frases engraçadas, um desses modelos que faz muito sucesso é o body com um botão desenhado que sugere liga e desliga (com certeza algumas mamães já pensaram nessa possibilidade, mas com um botãozinho de verdade  ), futura bailarina e por aí vai, a variedade é muito grande.

Customizando Roupas para Bebê

Uma ideia barata e que pode ser muito prazerosa é a de você mesma customizar as roupas para bebê. E você não precisa ser uma expert da costura. Em uma camiseta branca pode ser colocado botões, aplicações e bordados. Em um body, que tal colocar um coração de feltro, fuxico e botões (que devem ser bem presos)… fica lindo e confere outro visual a peça. Solte a imaginação.

Roupas de Bebê: 5 Dicas para compor o Enxoval

Roupas de Bebê - Dicas de Gestante

Roupas de Bebê: 5 Dicas para compor o Enxoval

Roupas de Bebê - Dicas de Gestante
Roupas de Bebê – Seja a gestação planejada ou não, com certeza esse ser que está crescendo dentro de você já é muito amado e será muito bem vindo. Entre tantos preparativos, um dos mais importantes é o enxoval. A lista é bem complexa, mas é possível montar um enxoval com todas as roupas de bebê e acessórios que você precisa por um preço acessível. E também tem o chá de bebê, um evento que ajuda bastante, inclusive algumas mamães deixam para começar o enxoval após o chá, mas o indicado é que as futuras mamães preparem uma lista para ir comprando.

Roupas de Bebê – O que não pode faltar

Na hora de compor o enxoval, algumas roupas de bebê e acessórios são importantes e fundamentais, já outros nem tanto, é melhor focar naquilo que você realmente vai precisar e deixar alguns itens para comprar por último. Confira:

 

Roupas de Bebê – O “body” é fundamental

Roupas de Bebê - Body - Dicas de Gestante
Dicas de Gestante: O Body não pode faltar

O body é uma peça fundamental e vai ser muito usado, o tamanho opte pelo P, claro que é necessário ter alguns tamanhos RN, mas converse com o seu médico, verifique a ultrassom para ter uma ideia de peso, com quantos quilos o neném vai nascer (aproximadamente), algumas mamães contam que utilizaram o tamanho RN por dois quase três meses, já outras não usaram nem um mês. Tenha pelo menos doze bodys entre manga longa e manga curta.

Macacão com Pezinho – Não compre muitos

Macacão com pezinho (não compre muitos, porque se o bebê for grandão, você perde o macacão muito rápido), macacão sem pezinho, no mínimo oito peças. Algumas mamães não gostam muito do macacão com gola até o bebê completar três ou quatro meses, pode incomodar o rostinho do neném ou molhar por causa da babinha.

Camisetinha, Regata, Shorts, Meias e Luvas… o que comprar para o bebê?

Camisetinha, regata e shorts são roupas de bebê que só precisam ser compradas se estiver no verão, e provavelmente só vai usar a partir do terceiro mês. Calça vai usar bastante também, para o principio é bom ter umas dez peças. Sapatinhos são opcionais, meias e luvas são fundamentais. Muitos sites hoje oferecem opções de roupas de bebê.

Trocas de Roupa todo dia… de qual o bebê precisa mais?

Em relação à quantidade, depende de como é a rotina em relação a lavar e passar roupa. O bebê vai trocar de roupa no mínimo uma vez ao dia (troca completa), fora os imprevistos, fralda que vaza, leite que volta, dias de chuva, tudo isso deve ser levado em consideração na hora de comprar as roupas de bebê.
Pesquise qual a data provável do parto para verificar se estará no verão ou inverno, isso vai influenciar na escolha das peças, a temperatura do bebê é diferente da nossa, mas isso não quer dizer que se estamos no verão ele precisa de macacão e mais body de manga comprida. No verão, por exemplo, um body de manga longa (de malha) e uma calça são o suficiente: as roupas de bebê tem que ser adequadas.

Faça a lista e Pesquise

Se possível faça uma lista e compare preços nas lojas, às vezes a diferença entre uma e outra chega a 60%, então a pesquisa vale muito a pena. O protetor de berço é opcional, alguns pediatras inclusive não recomendam, se não quiser comprar tudo bem, não é necessário investir dinheiro neste item. Compre pelo menos dois jogos de lençol, um edredom e um cobertor. Compre babador, toalha de banho, pano de boca e fralda de pano, esses dois últimos itens você vai usar bastante. Revise a lista, pesquise e use cautela na hora de compor o enxoval e tudo vai dar certo. Boas compras…

Bolsa de Bebê: Uma bolsa, Várias Ocasiões

Bolsa de Bebê - Bolsa de Maternidade - Dicas de Gestante

Bolsa de Bebê: Uma bolsa, Várias Ocasiões

Bolsa de Bebê - Uma bolsa Várias Ocasiões
Bolsa de Bebê – Uma bolsa Várias Ocasiões

Futura mamãe, vamos falar sobre a bolsa de bebê. A escolha do modelo é importante porque você vai utilizar para levar a maternidade e também depois do nascimento do bebê, nas idas ao pediatra, vacinação e nos passeios. Nos primeiros meses de vida você vai precisar levar alguns itens indispensáveis para o bebê.
O ideal é escolher um “kit de bolsas” com duas peças, sendo uma maior e outra menor. Uma delas será a bolsa de bebê da maternidade, escolha um modelo que se encaixe nas suas necessidades e depois você pode continuar utilizando quando precisar “carregar” itens a mais. A menorzinha será muito útil para idas ao pediatra, passeios na casa dos avós, entre outros.

Mala para a Maternidade

Mala para Maternidade

A bolsa de bebê que será levada para a maternidade precisa conter alguns itens indispensáveis: já deixe tudo preparado por volta do oitavo mês de gestação, mesmo no caso de uma cesárea pré-agendada, imprevistos podem acontecer. Para facilitar, monte kits com as trocas do bebê, se preferir pode até colocar uma etiqueta identificando, primeira troca, segunda troca e assim por diante.

 

Os Kits na Bolsa de Bebê

1 body de manga longa e 1 macacão de malha ou 1 body de manga curta e 1 macacão mais encorpado.
1 calça sem pé e um par de meias / sapatinhos ou 1 calça com pé
1 par de luvas e 1 fralda tamanho RN ou P
2 toalhas de banho atoalhadas
1 manta ou cobertor
Sabonete líquido ou em barra especifico para a pele delicada do bebê
Algodão e cotonete (que será utilizado para a limpeza do umbigo do bebê junto com o álcool 70% que geralmente é fornecido no hospital). Na maternidade não é utilizado lenço umedecido e sim algodão e água morna. Pomada contra assadura você também só vai utilizar na sua rotina diária, já em casa.

Bolsa de bebê para passeios

No primeiro ano de vida do bebê ele precisa passar pelo pediatra uma vez ao mês (no mínimo) mesmo sendo saudável: é para acompanhamento do desenvolvimento, então neste caso, mesmo que você não seja muito fã de sair de casa com um bebê pequenininho, em alguns momentos será indispensável, por isso é bom se precaver com a bolsa de bebê para não passar por situações difíceis nos passeios.

Bolsa de Bebê para passeios
Bolsa de Bebê para passeios: itens que não podem faltar

Tenha um kit para passeio esses itens: 1 trocador (este item é indispensável, é muito prático e extremamente útil), 2 fraldas, pomada para assadura, lenço umedecido, fralda de pano e uma troca de roupa para o bebê. Sacolinha de plástico para colocar a roupa suja, mamadeira (se por algum motivo o bebê não mamar no peito), em lojas especializadas você encontra potes com dosador para colocar a fórmula, uma garrafinha com água mineral, uma mamadeira com suco (após a indicação do pediatra), paninho de boca e os documentos da criança.
Se a saída for mais longa, acrescente no kit duas fraldas a mais, ao invés de uma, três trocas de roupa, protetor solar, uma manta ou cobertorzinho e um brinquedo.
Com essa bolsa de bebê você está pronta para praticamente qualquer ocasião.

Roupas para Gestante: 3 Dicas para Vestir Bem e Barato

Roupas para Gestante - Dicas de Gestante

Roupas para Gestante: 3 Dicas para Vestir Bem e Barato

Roupas para gestante: Com certeza toda gestante já se fez essa pergunta ao descobrir a gravidez: …e agora, o que eu vou vestir? Essa pergunta hoje, felizmente, é fácil de ser respondida. Invista em você mesma e descubra o que os estilistas reservam para você passar por este momento mágico, ainda mais bonita.

Dica 1 – Roupas largas não, modelagem específica sim!

Roupas para Gestante - Largas ou Modeladas
Roupas para Gestante: Largas não, Modeladas sim!

Todas as mamães aceitam e amam a sua barriga. É preciso usar roupas com modelagem específica, que dão ainda mais beleza à gestante. O erro são as roupas cada vez mais largas o que pode causar um efeito contrário, ou seja, você vai parecer gordinha ao invés de grávida. Tenha em mente que roupas para gestante não são necessariamente uma roupa “comum” três ou quatro números maiores e sim uma roupa com modelagem especifica para a sua maravilhosa condição.

Roupas para Gestante - Dicas
Roupas de Gestante: Conforto para você e para o Bebê

As opções são as mais variadas, o jeans ganha elástico nas laterais com ajuste interno e conforme a barriga vai crescendo você vai ajustando. Na maioria dos casos você pode continuar utilizando a calça após a gestação.

Camiseta em gola V mais arredondada na frente e justa nas costas: esse modelo veste bem e é confortável para a gestante. Aposte em cores vibrantes e para o trabalho cores mais neutras. As roupas para gestante precisam ser adequadas ao seu gosto.

As roupas para gestante sempre tiveram fama de serem muito confortáveis, mas no quesito beleza deixavam a desejar. Ainda bem que nos dias atuais isso mudou muito e o mundo da moda da gestante de uma forma geral entendeu que a grávida já está linda de qualquer maneira, e que pode ficar cheia de estilo, com roupas lindas, confortáveis e acessíveis para exibir o barrigão por ai.

Dica 2 – Pesquise outras Lojas de outros bairros

Roupas de Gestante - Escolha as Lojas
Roupas para Gestante: visite outras lojas em outros bairros

Agora, se você não quer ou não pode investir muito em roupas para gestante, você não precisa fazer coisas extremas como colocar elástico de escritório no buraco do botão da calça. Que tal dar uma passeada até algumas lojas em outros bairros da cidade? Em quase 100% dos casos, encontramos preços incrivelmente mais baixos que em outras lojas da mesma cidade. A lógica é simples: as lojas que não estão no centro da cidade, como não tem a vantagem do ponto central, acabam competindo com o fator “preço”… e de fato muitas ótimas peças saem por preço muito baixo. Que tal um passeio pelos bairros e lojas que você ainda não conhece na sua cidade?

Dica 3 – Pretinho básico e Tricô transpassado nas roupas para gestante

Roupas para Gestante - Pretinho Básico
Roupas para Gestante – O Pretinho Básico é bem vindo.

Tenha um vestido preto (o famoso pretinho básico). Com ele você consegue criar vários looks, basta mudar os acessórios e você estará pronta para um passeio informal ou uma festa a noite.
O colete pode ser usado aberto, não tem problema e confere um charme ao visual, após a gestação volte a usar fechado normalmente. Tricô transpassado na frente, conforme a barriguinha for crescendo você pode transformar essa peça em um versátil item de roupas para gestante, basta amarrar nas costas combinando com uma blusa que marque a única parte em que a gestante não engorda, acima da barriga.
A gestação traz uma beleza que é única, então invista em você e na barriga e explore essa beleza. Agora que você já sabe o que vestir é só escolher qual opção de lindas roupas para gestante combina melhor com você.

Roupas para Bebê de 0 a 6 meses – Confira as Dicas

Roupas para Bebê de 0 a 6 meses

As roupas para bebê podem causar uma “confusão” para as mamães de primeira viagem, como por exemplo, o que é mijão? O que devo priorizar na hora das compras? Pois bem, o objetivo deste artigo é esclarecer essas e outras dúvidas e também fornecer algumas dicas úteis para todas as gestantes, de primeira e também de segunda viagem. Inicialmente vamos falar sobre as roupas para bebê de 0 a 6 meses. É um período no qual o bebê se desenvolve muito rápido e você vai ficar espantada como perdem roupa depressa.

Passo a Passo para compor o guarda-roupa do bebê

Roupas para Bebê - Mijão
Roupas de Bebê: o Mijão é peça fundamental

Body: peça fundamental no guarda-roupas do bebê

Uma das peças que será muito utilizada no dia a dia é o body, possui duas funções fundamentais: proteger o peito do bebê e também prender a fralda, pode ser encontrado em várias versões, manga longa, manga curta, regata, com sainha, com shortinho, é uma peça versátil e muito funcional, enfim, uma ótima peça nas roupas para bebê. Fácil de colocar e para facilitar ainda mais, opte por peças que tenham botões próximo à gola (ou com a gola mais justinha) para evitar que com o tempo comece a ficar muito aberto e a função de proteger o peito do neném fique comprometida.

 

Calça “dois-em-um” – útil por mais tempo

Calça dois em um, é uma peça que também será muito usada, é uma calça tradicional, sem pezinho, mas com uma dobra diferenciada na barra, quando você quiser ela pode ser virada e se transforma em um mijão (que é o nome dado a calça com pezinho). Na hora das compras das roupas para bebê, priorize este modelo, pois o bebê vai usar por mais tempo. Enquanto ele for pequenino você usa com o pezinho e conforme ele for crescendo você usa como calça.

Macacão – outra ótima peça para o bebê

Macacão: o bebê vai usar muito essa peça também e você pode encontrar no mesmo estilo das calças mijão. São roupas para bebê muito utilizadas. Existem basicamente duas variações, com botões na frente ou então nas costas. A primeira opção é bem mais fácil de colocar, principalmente no começo, quando que o bebê é mais molinho e a mamãe ainda está um pouco insegura (o que é perfeitamente normal). Tenha modelos com pé e manga e também modelos curtinhos para os dias mais quentes.

Dicas de Compras

Ao descobrir a gestação, o impulso da maioria das mamães é sair às compras: as roupas para bebê que chamavam a atenção na vitrine começam a chamar três vezes mais. Porém o recomendado é que você compre a maior parte dos itens após o chá de bebê, para não correr o risco de ganhar muita coisa repetida a não ser que opte por fazer um chá de fraldas, mas ainda assim muitas pessoas levam algum mimo para o bebê além do que foi pedido.

Roupas para Bebê - Macacão
Roupas para Bebê – São muitas opções – escolha a sua preferida.

Aposte em peças funcionais e busque comprar um número maior no body, calça e camisetinha (manga longa e curta) essas são as roupas para bebê que mais vão ser usadas nos primeiros seis meses de vida.
Para os sapatinhos prefira os que são mais flexíveis inclusive em relação ao preço, tudo bem optar por modelos bonitos e mais baratos porque a criança perde roupa e sapato muito rápido, você já deve ter ouvido essa frase milhões de vezes, mas é a pura verdade. Compor o enxoval requer paciência e disposição, mas no final é uma imensa alegria viver esse momento.